Verão chega com alerta de proteção aos olhos

Home / Frontpage / Verão chega com alerta de proteção aos olhos

Verão chega com alerta de proteção aos olhos

Você sabia que os raios ultravioleta e outros tipos de radiação do sol podem prejudicar seus olhos? A poucos dias da chegada do verão, os oftalmologistas alertam para o uso contínuo dos óculos de sol visando prevenir problemas oculares. Já está comprovado que a exposição aos raios ultravioleta está ligada ao surgimento de coceira, lacrimejamento, aversão à luz e inchaço nas pálpebras, sintomas que desaparecem em um ou dois dias de afastamento da luz solar.
A exposição crônica ao sol pode causar também pinguécula e pterígeo, que são elevações amareladas da conjuntiva, sendo que o segundo apresenta uma invasão sobre a córnea. Pessoas com intensa exposição ao sol sem proteção têm ainda 60% mais chance de ter catarata precoce, já que os raios ultravioleta em excesso aceleram o envelhecimento do cristalino, a lente natural do olho.
Novas pesquisas, no entanto, surgerem que outros tipos de radiação solar, como a chamada luz azul, podem aumentar o risco de degeneração macular, que pode levar à cegueira ou à diminuição da visão. Ela penetra profundamente no olho causando prejuízos à retina. Professor doutor em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo, Marcello Colombo Barboza, também diretor do Hospital Oftalmológico Visão Laser, explica que, para proteger os olhos dos efeitos nocivos do sol, é necessário usar óculos de sol que bloqueiam 100% dos raios ultravioleta e que também absorvam a chamada luz azul.

 

“Hoje as pessoas estão mais conscientes da proteção e da prevenção do câncer de pele, mas, infelizmente, o mesmo não acontece com os olhos. Basta observar o número de banhistas que não usam os óculos de sol”, destaca. O alerta vale para quem está na praia e na piscina, mas também para os que trabalham e praticam esporte ao ar livre. Dias nublados não reduzem significativamente os níveis dos raios ultravioleta. O risco de exposição aos olhos continua praticamente igual ao dos dias ensolarados. Isso porque os raios UV penetram as nuvens, além de serem invisíveis à luz. 
Proteção
A melhor forma de proteger os olhos é o uso dos óculos de sol combinado ao boné ou chapéu. Os óculos devem ser de qualidade e contar com lentes com proteção contra os raios ultravioleta (UVA e UVB).
“Elas são necessárias para filtrar os raios que a córnea (lente ocular com a função de focar as imagens na retina) não é capaz de absorver e filtrar. A capacidade de proteção deve ser informada através de adesivo afixado aos óculos ou em livreto com informações técnicas sobre o produto”, explica o médico.
Mais dicas:
* Modelos de óculos de sol com hastes largas proporcionam melhor proteção porque impedem  os raios vindos de cima e de baixo
* Países tropicais, como o Brasil, apresentam maiores índices de raios ultravioleta devido à proximidade com a Linha do Equador
* Quanto maior a altitude, maiores os níveis de radiação solar
* A radiação solar é mais forte quando o sol está alto no céu, geralmente das 11 às 16 horas no horário de verão
* Os raios são mais fortes em espaços abertos e onde a superfície causa reflexo, como a areia
* Mesmo que suas lentes de contato bloqueiem os raios ultravioleta, é importante usar os óculos de sol para proteger outras partes dos olhos e do rosto.
* Pessoas com pele e olhos escuros precisam usar óculos de sol
Sobre o Hospital Oftalmológico Visão Laser
Fundado em 1936, pelo Dr. Luiz Barboza Filho, como Clínica Visão, o Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, é referência em saúde ocular na Baixada Santista. Hoje a unidade é dirigida pelos familiares do fundador, o filho Luiz Roberto Colombo Barboza, a nora Maria Margarida e os netos Marcello e Guilherme Colombo Barboza – todos oftalmologistas. O VL conta com profissionais de diversas subespecialidades clínico-cirúrgicas, além de anestesistas, enfermeiros e ortópticos. Mantém intercâmbio com os maiores centros oftalmológicos do Brasil e do mundo, como o Instituto Barraquer, em Barcelona (Espanha), e o Bascom Palmer, em Miami (Estados Unidos). É credenciado pelo Ministério da Saúde para captar e transplantar córneas na região. O endereço é Avenida Conselheiro Nébias, 355, Vila Mathias, telefone (13) 2104-5000. Mais informações no site www.visaolaser.com.br.
Sobre Marcello Colombo Barboza
É professor doutor em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo e titular da cadeira de Oftalmologia na Faculdade de Medicina do Unilus (Centro Universitário Lusíada).  É ainda professor assistente no Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo, diretor do Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos, e membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, do Concílio Internacional de Oftalmologia e da Associação Americana de Oftalmologia.

Fonte: MTB

Recent Posts

Deixe o seu comentário